Industry NewsLocalização atual :Home > Industry News

Como a plataforma brasileira de comêrcio eletrônico e o

Tempo de publicação:2018/8/7Fontes:BR1 express

Quando se trata de investir no comêrcio eletrônico, os investidores podem não estar familiarizados com o mercado latino-americano nomeadamente com a plataforma do "Mercado Livre". Mas para as pessoas na América Latina, o "Mercado Livre" é a maior empresa fornecedora de energia elétrica da América Latina, que está aproveitando a oportunidade de transformar a entidade empresarial numa companhia especializada em gerar e controlar a elétricidade.

O "Mercado Livre" está singularmente posicionado nesta oportunidade de negócio, e o seu desempenho neste ano no campo de comêrcio elétrónico é também incrível.

Alguns investidores podem não estar familiarizados com os costumes e hábitos da América Latina. Dois dos hábitos mais notáveis e distintos de outras partes do globo envolvem transações financeiras. Primeiro, muitos países da América Latina ainda se baseiam em pagamentos em dinheiro, e uma grande parte dos cidadãos latino-americanos não têm contas bancárias. Em segundo lugar, 20% a 50% dos consumidores latino-americanos não possuem cartão de crédito.

O "Mercado Livre" através da pesquisa e análise dos hábitos de consumo tenta encontrar oportunidades de negócio e adota uma série de medidas para atender os consumidores locais. No início, o "Mercado Livre" era meramente um serviço de pagamento nomenclado de "Mercado Pago" que dava aos consumidores a escolha, semelhante a um provedor de serviços de pagamento de terceiros, à imagem do "PayPal". Em alguns países da América Latina, o "Mercado Livre" permite que os consumidores usem dinheiro para pagar pedidos de compra de comércio eletrónico em lojas de conveniência.

 

A transação de pagamento aumenta - um novo rumo de desenvolvimento

O principal fator para o incrível crescimento do "Mercado Livre" é atender aos hábitos de consumo dos vendedores e compradores na América Latina. Nos últimos 12 trimestres, o volume de transações de pagamentos aumentou em média 70%. A razão para este sucesso advem da parte dos vendedores que não somente vendem bens, como também prestam serviços de pagamento para acelerar as operações de pagamento. Segundo dados do terceiro trimestre do "Mercado Livre" em 2017, o volume de transações de pagamentos aumentou 84% em relação ao mesmo período do ano anterior e o volume total de transações atingiu 3,15 bilhões de US $, um aumento de 73% sobre o mesmo período do ano anterior e um aumento de 76% em moedas locais, o maior aumento desde que há registro.

O crescimento das transações de pagamento está intimamente relacionado com o crescimento da base de usuários e vendas. O "Mercado Livre" conta com mais de 200 milhões de usuários registrados e cresceu mais de 19% a cada trimestre desde 2011. O aumento do número de usuários gerou mais vendas, nos últimos dois anos, o volume médio anual de vendas de produtos aumentou 31%.

Como a empresa expandiu seus programas de distribuição e de fidelização de clientes livres, a fim de resistir à ameaça da concorrência da "Amazon", o lucro operacional do "Mercado Livre" caiu 16,7%, para US $ 30 milhões no início do ano de 2018.

Todavia, o "Mercado Livre" também está expandindo seus empréstimos para pequenas empresas a fornecedores. A taxa bancária tradicional na região é baixa e é difícil para a maioria dos vendedores obter empréstimos para capital de giro. Com mais de uma década de dados e algoritmos de inteligência artificial, a empresa tem informações mais detalhadas do que a maioria dos bancos e pode prever com precisão os vendedores com maior probabilidade de pagar o empréstimo.

Até agora, o Mercado Libre executou seu plano quase perfeitamente: em 2017, o preço das ações do "Mercado Livre" dobrou. A base de vendedores e compradores da plataforma também está crescendo. O "Mercado Livre" é uma marca de confiança na América Latina e a sua expansão está ganhando a atenção de outros investidores fora do contexto da América Latina em países como a China, Japão e C.E.

Anterior:Comêrcio transfronteiriço e-commerce no mercado brasileiro
Sobre nós
Perfil da empresa
Nossos serviços
China ⇔ Brasil uma nova logística
Serviços de armazenamento
Serviços comerciais
Guia de serviço
Perguntas frequentes
Contato
Atendimento ao cliente online
Faça scan e experimente